Onde sentimentos viram palavras que não cabem no peito.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Não insiste não!


Garota, não insiste não!
Deixando claro, que isso serve para garotos também. 
Hoje em dia, mais uma vez eu repito que "tá tudo errado", que não deveríamos nos humilhar por pessoas que não fariam o mesmo pela gente e que esses joguinhos de desinteresse não levam a absolutamente nada.
"Trata ele mal que ele volta", "ignora que ele vem atrás", esses típicos conselhos podem até funcionar, mas até quando você vai se doar a isso? Entenda de uma vez por todas que você não precisa disso, você não precisa mostrar desinteresse porque a pessoa está da mesma maneira com você. Se ela está assim, você tem uma única opção: cai fora. 
Tem pessoas que fazem nosso mundo virar de cabeça para baixo em menos de um ano, talvez em meses e até semanas, mas até que ponto vale a pena lutar por alguém que você não vire o mundo dela também? 
Ultimamente, tá tudo errado quando se trata de pessoas e de sentimentos, quando você demonstra demais, você está perdidamente apaixonada e carente, você é pegajosa e está indo além. Mas eu te afirmo que, você é especial por ser assim, por mostrar demais, porém hoje em dia as pessoas têm medo de demonstrar demais porque se elas forem feridas, é como ferir o orgulho também e ferir os outros (o que é ruim na minha visão) é como um troféu de "ufa, dessa vez não fui". 
Mas eu quero que você entenda duas coisas, garota: a primeira de todas é que é besteira você se culpar por tentar, por querer manter a pessoa perto de você. Cara, isso é o que eu mais queria que as pessoas fizessem comigo, mas a gente sabe que nem todos vão fazer isso. Você não deve se culpar por ter tentado, por ter ido atrás inúmeras vezes, mas uma hora você vai cansar e quando você cansar, não tente mais uma vez, deixe ir e passa para outra. 
A gente sabe o quanto é difícil tirar pessoas de nossas vidas por mais que elas tenham aparecido há pouco tempo, cada pessoa que entra na nossa vida deixa uma marca, seja para melhor ou para pior, algumas permanecem e outras não, as que não permanecem são as que mais vão deixar marca e mais serão doloridas de sair, mas as vezes é um mal necessário e te garanto, não vai doer a vida toda, uma hora passa. As pessoas deixam uma lembrança e um aprendizado em nossa vida, assim como quando partimos, talvez deixaremos na vida dela. 
A segunda coisa que eu tenho para dizer é que uma hora você tem que desistir, não vale a pena insistir em algo que está te fazendo mal acima de tudo, você tem que pensar em você e não no outro em alguns momentos em que sua saúde mental está em jogo. Tem horas que queremos permanecer quando sabemos que devemos partir e é sempre bom saber que se tivéssemos que permanecer, nunca teríamos pensado em uma opção de partir.
Posso estar falando isso como a maneira mais fácil, parecendo ser fácil e eu sei que não é, porque todos nós já passamos por essa situação ou ainda estamos passando, mas quero que você saiba o mais importante: a sua intensidade não é ruim, a sua insistência não é idiotice e que os errados são os que invertem tudo, e ultimamente garota, tudo tá invertido. 

Letícia Leone. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

About Us

Recent

Random